Para mim foi surpresa

Download PDF

Todos temos noção que o exercício físico é bom em qualquer fase. A minha surpresa foi grande quando encontrei notícia trazida pelo noticioso Extra online, extraida do “European hearth journal”  pesquisas de universidade em Liverpool, realizadas recente, concluem que camundongos submetidos à pratica rotineira de exercício físicos durante duas semanas induziu ao aumento de até 60% de células tronco cardíacas, que antes adormecidas, com o exercício “despertaram”  – cardiomiócitos.

O cardiologista Cláudio Domênico, citado na noticia, não só confirma, como tambem  afirma : “Esta pesquisa vem reforçar aquela teoria de que exercício é o medicamento mais barato e acessível de todos ” .

Outra constatação ali contida – “Chefe da cirurgia clínica da Clínica São Vicente, Ricardo Miguel Francisco ressalta que a prática de execícios por doentes cardíacos deve ser feita com acompanhamento médico.

— A reabilitação cardíaca é feita em ambiente médico, num centro de reabilitação. Ele começa a fazer exercícios programados e paralelamente tem a comprovação da parte clínica, como do ecocardiograma, de que o coração está melhorando — explica o médico, que lembra que pacientes em fila de transplantes cardíacos que começam a praticar exercícios chegam a não precisar mais da cirurgia.”

Notícia realmente esperançosa. Afinal a cura, a recuperação está em nós mesmos.

Fica sempre o alerta, para qualquer decisão: de esforço físico ou atividade, buscar orientação do seu médico do coração, ou de medicina esportiva.

Afugente os medos, mexa-se. Até o coração pode se renovar!

<br /><br />Prejuízos causados por doenças do coração poderiam ser recuperados com 30 minutos por dia de corrida ou ciclismo<br /><br />Foto: Agência O Globo / Márcia Foletto

MárcFhttp://oglobo.bo.com/in/6642311-336-901/FT500A/2012-535719105-2012071821890.jpg_20120718.jpg

Download PDF
Francisco Sales

Sobre Francisco Sales

Médico formado pela Universidade de Coimbra (1974), especialização em Tocoginecologia (TEGO) e em 2003 Especialista em Homeopatia pela AMHB. Participou do corpo Clinico do HMI Goiânia de 1986 a 2013. Homeopata unicista.
Esta entrada foi publicada em lazer é imperativo, movimento e saúde e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Para mim foi surpresa

  1. Nilzete Santos disse:

    ótimo projeto Doutor.
    É realmente um estimulo as pessoas para que melhorem a saúde qualidade de vida. …

Os comentários estão encerrados.