ouvindo o mar

Download PDF

 

Papel de Parede - Farol Godrevy e Mar Agitado, Cornwall, Inglaterra

No mar, não se ouvem só gaivotas, ouve-se a ele mesmo no vai e vem de ondas, que terminam no fluxo e refluxo da praia ou mais forte e vigoroso rebentando em rochas, diques dos cais.

Mar inspiração de tantos poetas. Mar que separa, mar que une.   Mar das saudades de tantas partidas e chegadas.

Escolhi versos  de uma poetisa  portuguesa, leiam (ouçam)

Mar, metade da minha alma é feita de maresia
Pois é pela mesma inquietação e nostalgia,
Que há no vasto clamor da maré cheia,
Que nunca nenhum bem me satisfez.
E é porque as tuas ondas desfeitas pela areia
Mais fortes se levantam outra vez,
Que após cada queda caminho para a vida,
Por uma nova ilusão entontecida.
E se vou dizendo aos astros o meu mal
É porque também tu revoltado e teatral
Fazes soar a tua dor pelas alturas.
E se antes de tudo odeio e fujo
O que é impuro, profano e sujo,
É só porque as tuas ondas são puras.
Sophia de Mello Breyner Andresen

Download PDF
Francisco Sales

Sobre Francisco Sales

Médico formado pela Universidade de Coimbra (1974), especialização em Tocoginecologia (TEGO) e em 2003 Especialista em Homeopatia pela AMHB. Participou do corpo Clinico do HMI Goiânia de 1986 a 2013. Homeopata unicista.
Esta entrada foi publicada em boa palavra e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a ouvindo o mar

  1. Hello.This post was extremely interesting, especially since I was looking for thoughts on this matter last Tuesday.

Os comentários estão encerrados.