a tarefa

Download PDF

A vida é muito curta para se beber vinho muito barato

Esta uma frase que vi recentemente em casa de um jovem casal.

Nela vejo como lembrete de que poucos são nossos dias sobre a terra e que enquanto estamos aqui, nosso interesse deve estar nas coisas melhores, mesmo que tenham um custo a mais. Não vejo como um convite à embriaguez. Não é cultuar a Dionísio.

O bom vinho, tem paladar, auxilia no metabolismo e melhora a função cardíaca e vascular, teria efeito benéfico na redução do mau colesterol, o LDL. Veja bem, para não ficar no desmedido conselho: com moderação!  digo, não mais que uma taça!

Com essa taça de bom e generoso vinho, brindo a todos que visitam este “website”. Agradecendo o Autor da vida! Agradecendo sua visita por aqui.

Espero tranquilo, sem competição, que estas páginas possam trazer dicas e orientações, para que aproveitando a vida sejam nossos dias acrescentados, se nós nos cuidarmos! Sem excessivo rigor e sem culpa.

Tudo tem seu preço.

Aprecie e aproveite!

Equilibre e harmonize. Isto faz bem.

boasaudeonline

Download PDF
Francisco Sales

Sobre Francisco Sales

Médico formado pela Universidade de Coimbra (1974), especialização em Tocoginecologia (TEGO) e em 2003 Especialista em Homeopatia pela AMHB. Participou do corpo Clinico do HMI Goiânia de 1986 a 2013. Homeopata unicista.
Esta entrada foi publicada em opinião e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

17 respostas a a tarefa

  1. Olá.
    Uma honra tê-lo por perto de saude-joni.blogspot.com.br e espero que possamos compartilhar boas coisas.
    Fraternal abraço.
    Joni

  2. maria helena ferreira rodrigues disse:

    muito bom, adorei continue nos ajudando para vivermos melhor.

  3. Ricardo Gil disse:

    A temperança é sempre uma boa escolha!! Mas como diria o jornalista Carlos Sardemberg, da CBN, um pezinho na jaca, vez ou outra, não faz assim tão mal… ou será que faz??? Um brinde, pai!! E vamos buscando esse tal de equilíbrio!!! rssss…. “A gente é novo… a gente aprende”…

Os comentários estão encerrados.